/BANDEIRAS BRANCAS

Fazer o bem sem olhar a quem.

Pouca gente sabe

Olhe no calendário, ele está lá!

21 de setembro, Dia Internacional da Paz.

Mas como quase ninguém sabe da existência desse dia, queremos transferir o feriado de um herói brasileiro para essa grande causa.

Vamos tornar o Dia da Paz feriado nacional, para que o Brasil inteiro conheça a data e a use sempre como um momento de reflexão e solidariedade.

O começo de um mundo mais pacífico, um dia de cada vez.

Uma pequena troca por uma causa maior.

19293

pessoas que contribuíram com a causa

Assine a nossa petição

Indicar amigo

Eventos e Campanhas.


Ação contra pedofilia.

No dia 15 de julho nós fizemos uma campanha contra a pedofilia com Jornal Sensacionalista. A falsa notícia dizia que uma menina de 12 anos havia posado nua para financiar sua viagem à Disney.

Pouco mais de um mês depois que a campanha entrou no ar, os resultados continuam a impressionar. Hoje a página ainda é visitada por pelo menos duas mil pessoas diariamente. Elas entram principalmente pelo Google, buscando fotos de meninas nuas.

Clique aqui e confira mais.

Entrevista para TV Camara

O Diretor Executivo Brunno Barbosa deu entrevista no dia 12 de junho, para a TV Câmara. Contou um pouco sobre o movimento, onde pretende chegar e novas ações que estão por vir.

Comercial é finalista no Festival Minuto de Paz.

O comercial do Bandeiras Brancas que faz uma releitura do clássico "Hitler", criado em 1989 para a Folha de S.Paulo, foi finalista no Festival Minuto de Paz.

O filme tem locução de Ferreira Martins que, 23 anos após emprestar sua voz ao comercial original, colaborou com o remake.O objetivo do filme foi mostrar que é possível, com pequenas ações, espalhar a paz.

Clique aqui e confira.

Documentário teve estréia na TV Bandeirantes.

O Movimento Bandeiras Brancas lançou o seu primeiro documentário , “I have a dream”, que estreou na TV Bandeirantes no dia 7 de dezembro.

Dirigido e narrado em primeira pessoa pelo fundador, Brunno Barbosa, o documentário conta com roteiro de Alexsander Brunello e tem como objetivo apresentar o projeto, fazer com que as pessoas entendam mais sobre o movimento, sua origem e no que vem se tornando.

Assista o documentário cliquando aqui.

Criancas Especiais desenham para campanha.

Desenvolvida em parceria com o criativo Alexsander Brunello, Brunno convidou alunos do instituto Méthodo Núcleo de Desenvolvimento para Pessoas Especiais, de Santo André, SP, a fazerem desenhos que representassem a paz. “Os alunos abraçaram a causa e expressaram sua arte.

O dia em que queremos transformar em feriado, coincidentemente, também é o Dia Nacional da Luta de Pessoas com Deficiência. Por isso fizemos o convite”, afirma Brunno.

Veja a campanha cliquando aqui.

Movimento recebe prêmio de Responsabilidade Social.

Com apenas 4 meses desde a sua fundação, o Bandeiras Brancas ficou em segundo lugar no prêmio "Lettering" na categoria Responsabilidade Social.

A notícia mostrou o potencial que o movimento tem para crescer, reconhecendo todo o seu esforço.

Bandeiras Brancas na mídia.

Se você tem interesse em divulgar o Movimento Bandeiras Brancas em seu programa, jornal, revista, site, blog ou qualquer outro meio de comunicação, entre em contato com a gente. O apoio da mídia é muito importante para a disseminação da nossa campanha e teremos prazer em contribuir com a matéria.

Mande um e-mail para a gente: imprensa@bandeirasbrancas.com.br

midia

A causa.

O dia em que a guerra vai parar.


Um inglês chamado Jeremy Gilley fundou a Peace One Day, instituição sem fins lucrativos que surgiu com o objetivo de criar o dia mundial da paz. Um dia no ano em que aconteça um cessar-fogo global, uma pausa de ao menos 24 horas em todas as guerras, conflitos e discussões.

Graças ao seu esforço e persistência, em 2001 a Organização das Nações Unidas, formada por mais de 180 países, adotou com unanimidade 21 de setembro como o Dia Mundial da Paz.

No Brasil o dia já entrou no calendário, mas pouca gente sabe. Por isso, o Movimento Bandeiras Brancas quer transformar a data em feriado nacional, para que todos passem a conhecer e a usem como um momento de reflexão, união e solidariedade.

Para que a população se conscientize sobre os danos que a violência gera e busque cada vez mais estabelecer um ambiente pacífico em seus lares, bairros e cidades.

Como é muito difícil criar um feriado, vamos enviar uma petição ao Congresso Nacional pedindo para transferir o feriado de 21 de abril, Dia de Tiradentes, para 21 de setembro, Dia Mundial da Paz. Tiradentes, que morreu lutando por um país livre e pacífico, continuará sendo celebrado em seu dia, mas cederia seu feriado pelo bem comum.

Agora é com você, faça sua parte. Assine a petição, divulgue a causa para seus contatos e convoque o maior número de pessoas para esse importante movimento. A humanidade agradece.

O Movimento Bandeiras Brancas é um projeto independente, sem fins lucrativos, que está trabalhando dia e noite por esse novo feriado. Mas antes disso, é uma reunião de pessoas de todos os lugares, idades e tribos, que busca o fim da violência por valorizar o que existe de mais importante: a vida.

O logotipo do nosso movimento traz duas mãos fazendo sinal de 21, que significam tanto o dia da paz, como “paz por um dia”. Espalhe por aí!

Contato.

Fale com a gente

Se você tem dúvida, precisa de alguma informação, sugestões, quer ajudar de alguma forma ou enviar elogios ou críticas, não hesite em entrar em contato conosco através do formulário.

Curta nossa página no Facebook, nos siga no Twitter e fique sabendo das nossas principais notícias.